Processo Eleitoral nas Cooperativas do Sicredi



O processo eleitoral está regulamentado nos normativos da Cooperativa e deve ser de amplo conhecimento dos associados. A condução do processo eleitoral deve ser de responsabilidade de comissão criada especificamente para esta finalidade, que verificará o atendimento aos critérios estabelecidos para a candidatura aos cargos eletivos e zelará pela segurança no processo, pela transparência e igualdade de oportunidade de participação.

Conselho de Administração:


A cooperativa deve dispor de mecanismos que favoreçam a participação, no órgão de administração estratégica, dos diferentes grupos de interesse – regionais, setoriais, profissionais, tomadores, poupadores – formados por integrantes do quadro social.

Conselho Fiscal:


A eleição dos membros do Conselho Fiscal deve ser individual, e não por chapa, sendo empossados os candidatos mais votados, a fim de favorecer a independência do órgão. A eleição do Conselho Fiscal deve ser desvinculada e independente da eleição para o órgão de administração estratégica.

Coordenador de Núcleo/Delegado:


A escolha do Coordenador de Núcleo/Delegado nas cooperativas que adotam o regime de representação por delegados estimula a participação efetiva de um maior número de associados na administração do empreendimento cooperativo, devido à formação continuada em liderança que as cooperativas do Sicredi oferecem a esse grupo.

REQUISITOS PARA SER CANDIDATO

  • Conselheiro de Administração e Conselheiro Fiscal

    Entre os requisitos que constam da minuta do Estatuto Social e do Regulamento Eleitoral do Sicredi (RES), destacam-se:
    • não manter vínculo empregatício com qualquer empresa ou entidade do Sicredi;
    • não ser empregado da própria Cooperativa, ou ainda, de membro dos conselhos de administração, fiscal ou da Diretoria Executiva da Cooperativa;
    • inexistência de parentesco até 2º (segundo) grau, em linha reta ou colateral, com integrantes do Conselho de Administração, da Diretoria Executiva ou do Conselho Fiscal;
    • não ser cônjuge ou companheiro(a) de membro dos Conselhos de Administração ou Fiscal ou da Diretoria Executiva;
    • possuir reputação ilibada;
    • não ter exercido ou estar exercendo cargo ou função político-partidários no último exercício civil;
    • estar exercendo ou ter exercido a função de Coordenador de Núcleo, de Conselheiro de Administração ou de Conselheiro Fiscal em empresas do Sicredi.

      Além disso, e dos demais requisitos do RES, é desejável que os candidatos atendam a condições mínimas para se candidatar, tais como: capacitação técnica adequada, conhecimento do sistema financeiro, do negócio e respectivos riscos, participação em treinamento ou programa de preparação para dirigentes de cooperativas de crédito, boa reputação no segmento cooperativista ou na comunidade local.

      Solicite o Regimento Eleitoral na sede da sua cooperativa, na Unidade de Atendimento ou para o coordenador do seu núcleo.
  • Coordenador de Núcleo

    Entre os requisitos que constam no Regulamento do Programa Pertencer, destacam-se:
    • ter participado do curso de formação cooperativa Sicredi Crescer;
    • ser associado pessoa física da Cooperativa no momento da sua candidatura;
    • não exercer cargo ou função político-partidária quando de sua eleição, ou durante o exercício do mandato, observado o disposto no Estatuto Social da Cooperativa e no Regimento Eleitoral do Sicredi (RES), no que se refere à definição de cargo político-partidário;
  • INSCRIÇÃO DE CHAPAS

  • Conselho de Administração

    A inscrição das chapas completas contendo a relação dos candidatos titulares e suplentes, inclusive a indicação do candidato a Presidente e Vice-Presidente do Conselho de Administração, deverá ser feita, na sede da Cooperativa em até 10 (dez) dias úteis antes da data da realização da primeira Assembleia de Núcleo.

    Os Conselhos de Administração das cooperativas do Sicredi normalmente são compostos de 3 a 10 conselheiros titulares e o mesmo número de suplentes.
  • Conselho de Fiscal

    O mesmo prazo vale para a inscrição individual dos candidatos a cargo de Conselheiro Fiscal.

    O Conselho Fiscal é composto por 3 titulares e 3 suplentes.

    No caso das cooperativas sem voto por representação, a inscrição será em até 10 dias úteis antes da Assembleia Geral.
  • Coordenador de Núcleo

    Se preencherem todos os requisitos necessários, os associados estão automaticamente habilitados a candidatar-se, devendo apenas manifestar interesse na Unidade de Atendimento ou mesmo na Assembleia de Núcleo onde os demais associados do núcleo irão escolher seu representante
  • MANDATO

  • Conselho de Administração

    O mandato será de 4 (quatro) anos, com renovação de no mínimo 1/3 (um terço) dos integrantes ao final de cada período, sendo que os eleitos permanecerão em exercício até a posse dos sucessores, permitido a estes, desde a eleição, o acompanhamento pleno da participação remanescente dos sucedidos.
  • Conselho de Fiscal

    O mandato será de 3 (três) anos, com renovação de, ao menos, 2 (dois) membros a cada eleição, sendo 1 (um) efetivo e 1 (um) suplente. Os conselheiros eleitos permanecerão em exercício até a posse dos sucessores.
  • Coordenador de Núcleo/Delegado

    O mandato dos coordenadores de núcleos normalmente seguirá o mandato do Conselho de Administração.